home       papel de parede       karaokê imagens        vanbasco direct        mapa do site  

BEATLES (BRASIL COLLECTION)
w w w.rebelancer.com

Dont Let Me Dow
Hey Jude
Hoh!Darling
I Want to Hold Your Hand
Luct in The Sky With Diamonds
Michelle
Obladi,Oblada
Penny Lane
Sargent Peppers
Yellow Submarine
Sorry, your browser doesn't suppor Java.

Google Beatles - assuntos - produtos

Aguarde o término do fundo musical: em +-200 segundos determinados a página entra
em reload aleatório executando uma nova canção (formato midi, ram, wav, mp3 ou wma)

Legião Urbana 
Roberto Carlos
Beatles 
Carpenters 
Celine Dion 
Andy Gibb
Pholhas
Air Supply
Bon Jovi
Elton John
Bee Gees
The Queen
Bob Dylan 
Bryan Adams
Algreen
Joe Cocker
Whitney Houston 
Guns' N' Roses 
Vangelis
AeroSmith
Scorpions
Creedence
Eagles
Julio Iglesias

Mariah Carey
Phil Collins
Rollingstones
Bread
Barb. Straisand
Rod Stewart
Shirley Bassey
ABBA

Música de Fundo:

  BIOGRAFIA (autoria desconhecida)  
O Fenômeno que egimentou fãs de todas as idades em todo o planeta. O visual certinho, as letras meigas e um influenciado por Buddy Holly, The Everly Brothers e Chuck Berry, logo conquistou toda uma geração que fazia loucuras para poder vê-los. Antes de se chamar os Beatles, nome que fazia um trocadilho com (besouro) e beat (batida); compasso rítmico quanto se refere ao movimento dos anos 50, um precursor dos primordiais tempos de rebeldia do rock, eles foram Johnny and The Moondogs e The Silver Beatles. Vale a pena comentar que o nome Beatles, cuja sonoridade ainda nos faz pensar em insetos, fora inspirado na denominação usada pela banda de "Buddy Holly", chamada The Crickets (os grilos, em português). Antes de se tornarem famosos, porém, o grupo chegou a tocar durante meses seguidos em um pequeno bar na cidade de Hamburgo, por mais de oito horas por dia, todos os dias, em troca de comida e um lugar para dormir, que, às vezes, não passava de algumas cadeiras e colchões amontoados em um só quarto. A prática adquirida com toda essa maratona musical, que durou cerca de oito anos e também incluía pequenos ingleses, tornou os Beatles competentes músicos e compositores, que inovaram sua época trazendo nova vida ao rock. Tudo começou na pequena cidade de Liverpool, Inglaterra, onde todos os integrantes dos Beatles viviam. No final da década de 50, John Lennon e seu colega de escola, Paul McCartney, resolveram montar um grupo, chamado "The Quarrymen". Alguns anos mais tarde, John chamou seu amigo Stu Sutcliffe para tocar baixo e Paul falou com o guitarrista George Harrison, para que ambos viessem fazer parte do que seria o embrião dos Beatles. O cargo de baterista sofreu constantes mudanças de dono até que pudesse ser preenchido por Pete Best, no ano de 1960, quando a banda fazia uma pequena turnê por Hamburgo. Voltaram à Inglaterra onde tocaram por alguns meses, gravando, inclusive, o instrumental de My Bonnie Lies Over the Ocean, com um cantor pouco conhecido. Quando retornaram em viagem à Hamburgo, Stu resolveu sair dos Beatles para ficar com sua namorada e retomar os estudos de arte. Essa namorada, aliás, foi quem desenhou os modelos de roupas e cabelos usados por eles, que intrigariam o mundo anos mais tarde. Dois anos depois, em 1962, Stu Sutcliffe morreria vítima de problemas na cabeça, que nunca foram confirmados como sendo realmente um tumor no cérebro. Mas foi no ano de 1961 que o grupo ganhou sua grande chance, por mais estranha que ela possa ter parecido em seu início. O rico comerciante Brian Epstein, que possuía, entre outros negócios, uma loja de discos, viu-se intrigado por não poder atender um cliente que pediu o compacto de "My Bonie Lies Over The Ocean", no qual os Beatles tocaram. Sem conseguir admitir o fato de não possuir algo que seu cliente pedira, Epstein tentou entrar em contato com todos que pudessem saber sobre o disco e acabou, assim, chegando ao próprio grupo. Ele descobriu os Beatles em um bar chamado Cavern; e logo se apaixonou por eles, propondo-lhes ajuda imediata. Com Epstein agora como seu empresário, os Beatles conseguiram um pequeno contrato com a Parlephone, pertencente à EMI. Neste meio tempo, o baterista Pete Best, considerado pela gravadora ruim demais, foi substituído por Ringo Starr, que antes fazia parte do grupo "Rory Storm and the Hurricanes". Com a nova formação, os Beatles gravaram, então um single contendo a famosa "Love me Do", lançado em outubro de 1962. A música chegou ao décimo-sétimo lugar nas paradas, colocando o nome do grupo no cenário musical inglês. Outro, lançado no ano seguinte, chamado "Please Please Me" , chegou ao primeiro lugar na lista dos mais pedidos, assim como outros três outros que se seguiram. O primeiro grande sucesso dos rapazes de Liverpool nos Estados Unidos aconteceu em 1964, quando "I Want to Hold Your Hand" passou a ser tocado em todas as rádios norte-americanas, impulsionando uma grande procura, por parte dos americanos, aos singles. O mais irônico é que a Capitol Records, filiada da EMI, recusou-se, a princípio, a lançar os singles do grupo porque achou que eles não interessariam à juventude de seu país. Como se sabe, eles estavam redondamente enganados, uma vez que os Beatles, em apenas alguns meses conseguiram colocar todas as suas músicas dentre as cinco mais pedidas nas paradas. Estava começando o fenômeno conhecido como "Beatlemania", que tomou conta dos Estados Unidos em meados dos anos 60, levando milhares de fãs a comprar os discos e assistir aos filmes lançados pelo grupo. Duas grandes produções cinematográficas com a participação do quarteto foram lançadas no ano de 1964: "A Hard Day's Night" e "Help", cujas filas nas entradas dos cinemas eram disputadas palmo a palmo. E foi neste mesmo ano, mais precisamente no dia sete de fevereiro, que os Beatles pisaram nos Estados Unidos pela primeira vez. Com um grande destaque na mídia nacional, que anunciou cansativamente a chegada dos rapazes, milhares de jovens foram recebê-los no aeroporto, para depois continuarem seguindo o grupo onde quer que ele fosse. A vizinhança do hotel onde o grupo hospedou-se, tornou-se tumultuada da noite para o dia e os ingressos dos setecentos lugares para o de Ed Sullivan, no qual eles se apresentaram no dia nove de fevereiro, foram disputados por cinquenta mil pessoas. A Beatlemania arrebatou sessenta por cento da audiência de toda a TV norte-americana durante a apresentação deste programa, o que representa, na época, cerca de setenta milhões de pessoas assistindo aos Beatles. Dezenas de entrevistas, concedidas à estações de rádio e televisão, jornais e revistas, mostraram aos Estados Unidos e ao mundo quatro rapazes divertidos que davam as respostas mais inesperadas aos repórteres. Definitivamente, eles haviam conquistado o mundo através da América do Norte. No ano seguinte, os Beatles lançaram o álbum "Help", que continha a famosa "Yesterday", na qual o grupo experimentou o uso de violinos e pianos, fazendo bastante sucesso com a mistura. Neste mesmo 1965, eles colocaram no mercado Rubber Soul, consolidando o nome do grupo como o maior de sua época. O sucesso mundial dos Beatles trouxe algumas claras mudanças em suas vidas pessoais, que iam além do fator dinheiro. A fama e o reconhecimento tornaram os integrantes do grupo prisioneiros constantes, uma vez que eles eram reconhecidos e recebidos por multidões onde quer que fossem, impedindo que pudessem levar uma vida normal. O envolvimento com drogas como o LSD e os problemas que causavam onde quer que fossem, por causa do tumulto criado pelos fãs, dificultavam suas apresentações ao vivo em turnês mundiais. Por causa disso, os Beatles, em 1966, ano do lançamento de anunciaram que não mais fariam estas turnês, limitando-se apenas às apresentações televisivas e lançamento de álbuns gravados em estúdio. Neste mesmo tempo, a declaração polêmica de John Lennon de que o grupo era mais popular do que Jesus Cristo fez com que milhares de seus discos fossem queimados em praça pública. Além da queima de todo o tipo de objeto relacionado ao quarteto, protestos constantes e o comportamento da audiência dos (muitas pessoas passaram a atirar objetos nos integrantes dos Beatles), também ajudaram na decisão de não mais tocar ao vivo. O ano seguinte ficou marcado na história do pelo lançamento de "Sgt. Peppers" Lonely Hearts Club Band, álbum que trazia muitas inovações musicais, chegando a ser considerado o melhor do grupo até hoje. Música eletrônica, instrumentos indianos e até mesmo a arte dadaísta havia sido incorporada pelos Beatles neste disco. Mais maduros musicalmente, os rapazes de Liverpool atraíram uma nova porção de pessoas, que se tornaram seus fãs somente depois do lançamento de "Sgt.Pepper". Neste mesmo ano, o empresário Brian Epstein viria a falecer e a carreira do grupo passaria por uma fase de declínio. O lançamento do álbum duplo conhecido como "White Album", mas que levava o próprio nome da banda marcou a primeira grande derrapada dos Beatles. O disco foi duramente criticado pela mídia em geral por ser considerado uma espécie de auto-indulgência. Depois deste ainda viriam; "Yellow Submarine"; "Abey Road" e "Let it Be", todos gravados com a intenção de fazer o nome dos Beatles voltar a ser tão disputado quanto antes. Enquanto isso, Paul McCartney e John Lennon já arriscavam o ingresso em carreiras solo, tocando aqui ou gravando ali sem admitir problemas internos no grupo. A verdade é que estes problemas existiam há tempos e os Beatles tentaram solucioná-los ou ignorá-los na intenção de preservar o conjunto. Os Beatles anunciaram sua separação oficial logo após o lançamento de "Let it Be", no ano de 1970. Várias coletâneas e músicas inéditas ainda são lançadas até hoje e muitos fãs que esperavam a volta do grupo só acreditaram em sua verdadeira dissolução quando, em 1980, John Lennon morreu. Ele foi assassinado, segundo a polícia de New York, por um fã alucinado, bem em frente à porta de seu prédio. Em suas carreiras pós-Beatles, John Lennon gravou uma série de álbuns que protestavam contra a guerra e as injustiças no mundo, juntamente com sua atual esposa, Yoko Ono. O casal participou de centenas de manifestações e até mesmo deixou-se fotografar nu para a ilustração da capa de um de seus discos. A fama de John e a influência de Yoko serviram de chamariz para diversas causas adotadas pelo casal, que acreditava poder ajudar ao mundo com suas canções e protestos. "Imagine" ,em cuja letra Lennon imagina um mundo sem injustiças, é a mais famosa delas. Já Paul McCartney continuou fazendo rock’n’rol chegando a lançar vários discos e fazer centenas de turnês pelo mundo ao lado de sua própria banda. Em seus shows estão incluídas várias músicas dos Beatles, além de uma homenagem ao velho amigo John Lennon. De alguns anos para cá, Paul passou a dedicar-se a causas ecológicas, utilizando a tecnologia de seus equipamentos para apresentar protestos em forma de vídeos e outros recursos. George Harrison chegou a formar um grupo ao lado de Eric Clapton, chamado Delaney and Bonnie, mas nunca chegou a fazer sucesso. Ringo Starr foi aquele que mais se obscureceu depois do término dos Beatles, tendo comparecido a alguns eventos, mas nunca mais gravando disco.
George Harrison morreu no dia 29 de Novembro de 2001, quinta-feira, às 13h30 locais, de câncer, aos 58 anos. Filho de um motorista de ônibus e de uma dona de casa, ele tinha dois irmãos e uma irmã. Harrison já tinha corrido sérios riscos ao ser esfaqueado por um fã com problemas mentais em 1999, e passou por dois tratamentos anteriores de câncer.



george Harison no fianal da vida
" As cordas não são eternas"
Que os Homens vivam em Paz
DOWNLOAD BEATLES MID FILES
Copie aqui as 216 músicas compactadas

requer acesso autorizado
Agradecimentos aos artistas originários das obras
Deixe uma bela e eterna recordação no livro de visitas
Para pedidos e ajuda use opção Comentários e dicas
O Mundo jamais se esquecerá de Você
(Eraldo Lima) icq 12785622)

"Somos parte de um Universo, assim como as estrelas, o Sol, a Lua, a Terra, e
assim, queiramos ou não, a vida segue seu ritmo, como o Criador determinou.
Por isso, devemos nos irmanar, para desfrutarmos de todas benesses e curtirmos
a vida e a liberdade com todo o teor da existência! "
 
  Paz a Humanidade  í
  ou  A grande Jornada  

COPYRIGHT direitos reservados Todo o conteúdo deste site é protegido por copyright, cada uso requer a permissão dos proprietários, muitos colaboradores:artistas, criadores e empresas estão ajudando para o sucesso e divulgação deste projeto e seria impossível no momento descrever todos os donos das 4500 imagens, artes literárias, musicais e demais arquivos disponíveis e seus respectivos direitos de exposições sem fins lucrativos e ao se sentirem lesados enviam e ou processam as reclamações e o nosso mérito é apenas gloriar a todos com suas obras ao público do Mundo, a todos os proprietários de direitos autorais contemplo agradecendo humildemente, principalmente a comunidade Brycetech e outros mais para surgirem.


Banner novos caminhos, projeto e designer de Eraldo Lima
Alcançar novos caminhos é a nossa solução

deixe sua presença na galeria ,será eternamente lembrado
livro de visitas
Guest Lemon
fale conosco
Cadastro
dúvidas
pedidos
 © 2000 - 2008 Rebelancer Brasil - Todos os direitos reservados